Desafio criativo: 30 dias 30 narrativas #5

Dia #5

Marta e João eram amantes, não desses de relações extraconjugais, eram amantes no sentido primitivo da palavra: aqueles que se amam. 

Marta ainda era uma menina, apesar de já ser uma balzaquiana.

João era homem do tipo galã de novela. Do alto do seu um metro de noventa, exibia ombros largos e barba por fazer. O cabelo já quase descobria uns fios brancos, enquanto Marta cobria os seus com luzes de loiro claro acobreado.

Os dois, como as pessoas gostavam de dizer, eram como corda e caçamba, arroz e feijão, ovo e marmita... Andavam sempre juntos, não porque a sociedade diz que assim deve ser com aqueles que se amam, mas porque era assim que eles gostavam de estar.

João trabalhava todos os dias. Marta era enfermeira, trabalhava dia sim, dia não. Isso era bom, nos dias sim, dava uma certa saudade de João que era matada nos dias nãos. Era como se tivesse passado 87 horas de saudade. 

Um dia saíram os dois para jantar. Um jantar a dois, mas nada de muitas frescuras. Eles gostavam mesmo era de pizza. Na verdade, até que escolheram uma pizzaria bacana da cidade, não poderiam comprar muita bebida, a pizza já era bem cara. Mas como a prestação da geladeira acabou no mês passado, ia sobrar uma grana.

O lugar era lindo e bem aconchegante, olharam o cardápio por um tempo. Mas acabaram escolhendo o sabor de sempre e duas taças do vinho da casa. (Vinhos da casa são sempre bons, e baratos). A decoração antiga do lugar chamou à atenção dos dois que por um bom tempo falaram do lugar, da comida, do vinho, de como era bom poder ter uma grana a mais para ir à pizzaria e dos compromissos do dia seguinte.

Para os garçons era evidente que Marta e João eram apaixonados um pela alma do outro, só de olhar dava para perceber. Os dois pagaram a conta e foram embora. No caminho, Marta confessou que estava com sono, João que já a conhecia muito bem, respondeu que não tinha dúvidas sobre isso. 

Chegaram em casa e foram logo para a cama. Barriga cheia de pizza dá sono até mesmo no casal mais apaixonado da pizzaria.
***

ps.: Para entender o porquê deste desafio criativo, clica aqui. Agora, se você não quer entender nada e, sim, ler os textos, clique aqui.
Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger